AMOR E PAZ


Não procuremos entender
As coisas do infinito
Nem dominar aquilo que esteja
Fora o nosso próprio mundo...

São coisas profundas, da alma,
Esta se comunica de uma forma diferente,
Inatingíveis aos nossos olhos.
Esses mistérios se manifestam
No nosso comportamento, nas nossas ações.
Procuremos viver a nossa vida de forma racional
Ter um só mundo, o do amor,
Porque temos apenas um coração.
A vida é cheia de conflitos,
É a ação dos opostos, a do certo e a do errado,
Valerá a voz da consciência, para uma decisão.
Escolhamos a que nos pede o coração,
A vida, assim, com certeza, terá as cores
Suaves do amor...

Quando fazemos o bem
É como plantarmos no nosso ego a felicidade.
Isso ocorre quando sentimos

Uma profunda tranqüilidade,
O que significa paz e amor no nosso coração.
Plantar a felicidade é plantar a boa ação,
Isso é que chamamos amor.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de A-E