AQUELE OLHAR


Não sei definir aquele olhar, se triste ou, apenas, perdido...
sei que a sua persuassão foi capaz de me deixar envolvido,
e perdido no silêncio da imaginação.

Meu coração beteu forte ao cruzar aquele olhar,
Acho que foi o primeiro passo para voltar a amar...

Vou escrever à moça daquele olhar,
dizer-lhe que, de amor por ela, vivo perdido,
perguntar-lhe sobre os seus olhos,
e dizer que neles fui envolvido,
pedir-lhe que me escreva,
quero avaliar se suas palavras são de amor...

Mas se foi um engano meu,
se o seu olhar não foi para mim,
que rasgue a minha carta e que não me maltrate,
em respondê-la.

O seu "não", sei que me faria sofrer,
prefiro ficar perdido na tristeza,
e continuar assim no mundo vazio, sem amor.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de A a E