ATÉ QUANDO

Depois da sua partida o mundo para mim
perdeu o brilho,
Sinto esmaecido o contraste das cores...
Vejo que houve uma perda de equilíbrio,
O que me deixa confuso,
Tudo é incerteza!

Fico a sonhar com o teu regresso,
O meu coração tem pressa,
A saudade já supera a esperança,
Não suporto viver assim.

Apelo para que volte a nossa realidade,
Vamos alimentar a chama do nosso amor
Não é bom viver com tanta saudade.

Não perdi a esperança,
Mesmo assim, sinto insegurança e tristeza...
Mas, preciso urgente dessa certeza,
Acredito que você não vai quebrar
A nossa jura de amor.


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de A a E