A VERDADE AMEDRONTA

Não procuremos entender coisas do infinito,
Devemos, sim, descobrir o nosso próprio mundo,
O mundo que está em nós, nos nosso interior...
Temos uma irrestrita liberdade de ação,
Mas temos, também a obrigação,
De zelarmos por esta vida
Que nos foi cedida,
Pelo Senhor!

A vida é uma preparação...
Um vestibular para o mundo da verdade,
È dura e até amedronta encarar essa realidade,
Mas, acima de tudo está o nosso Deus, o Senhor
Que pregou o perdão, que perdoou bom ladrão,
É o Deus da sabadoria... O Deus do amor.

(Tarcisio Costa)

Inicial
Poemas de A-E