CARTINHAS DE AMOR


Quando de ti me ausentar,
Usarei toda a minha inspiração,
Para te escrever, diariamente,
Coisas do meu coração...

Falarei das minhas alegrias,
Das minhas tristezas e desilusões,
Procurarei ser terno e carinhoso,
Falarei sobre as minhas emoções.

Terminarei as minhas cartinhas,
Desejando para ti paz, sucesso e fama,
Lerás, antes da minha assinatura,
"Com saudades de quem te ama"

Ao voltares, levar-te-ei belas flores,
Dar-te-ei abraços, carinhos e beijos,
Farei para ti um poema cheio das cores
das minhas ânsias e desejos.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de A-E