CORAÇÃO EM CONFLITO

É difícil acreditar,
Mas se passa dentro de nós,
No cerne no nosso coração,
O encontro da saudade
Com a paixão,
No momento de um novo amor.

Há um conflito nos corações,
Quando se muda de amor.
De um lado fica o sofrer da saudade,
Do outro, a ansiedade da paixão...

Vem a tristeza
Com seu ar de amargura,
Para tentar mediar o conflito...
É um confuso momento,
Uma mescla de dúvidas
E arrependimentos...

Desse emaranhado
Sobra um coração sofredor,
Que, as vezes, por uma emoção,
Troca a realidade de um amor
Pelo calor de uma paixão.

Misturam-se, então, a dor e a ternura,
deixando sofridos
Os corações apaixonados!
A paixão é efêmera...
Dizem que o amor é bom
enquanto dura!
Mesmo que ele se vá,
fica o remanescente,
em lágrimas de saudade...

A paixão é como fogo no palheiro,
que queima e logo se apaga...
É o contrário do amor,
qu'é singelo, tênue
como uma flor.

Há um conflito de sentimentos
Porque quem ama sente uma doce paixão,
Mas, apenas como um tempero
do amor!

Quem nunca ficou apaixonado,
Às vezes, já na primeira troca de um olhar!
Fica-se como se estivéssemos embriagados,
A paixão é sempre causa de sofrimento e dor.
Ela só resiste até o momento
Do reencontro com
O verdadeiro
amor.

(Tarcisio Costa)

Inicial
Poemas de A a E