PARA SERMOS FELIZES

Cada ser humano encerra em si um conjunto
de qualidades que o define como individuo,
é o que chamamos de personalidade.
Dependendo de vários fatores, a personalidade do
ser humano varia muito, podendo se caracterizar
pela simplicidade, sensatez e coerência no seu
Comportamento e nas suas ações. Em outros casos,
as características são a vaidade, o egocentrismo
e, sobretudo, o exibicionismo, esta personalidade
sobrevive atrás de um escudo de ilusão e de
vãs fantasias.
Por isso, não devemos querer ser o maior e nem ter o
maior brilho, por que, na vida, o que importa
é o equilíbrio;
Não devemos nos comportar com indiferença, mas sermos
participativos e imparciais nas nossas atitudes;
Não devemos nos preocupar, se não nos amam,
porque o importante é termos amor no coração.
Devemos seguir sempre, olhando para frente, evitando,
nessa caminhada, encurtar os caminhos através de
atalhos, quase sempre desconhecidos e obscuros.
Devemos usar o passado, apenas, para colher
experiência e nos servir de ajuda a fim de
atingirmos com maior segurança os nossos sonhos,
os nossos objetivos.
Devemos deixar de lado as coisas más e levarmos
na nossa caminhada a parte boa, isso nos fará felizes.
Lembremo-nos que no presente colhemos os frutos
plantados no passado, por isso, plantemos hoje o
bem, para colhermos as benesses no futuro.
Não deixemos de sonhar, jamais abandonemos os
nossos ideais, que devem ser o norte da nossa
vida. Cada um de nós é o próprio arquiteto do
seu mundo.


(Tarcisio Costa)



Inicial

Crônicas