CHORA POETA
Clara da Costa


Ser poeta é ter a alma livre,
expor o que lhe vem ao coração,
com seu canto de amor poetando
nas ondas ternas da emoção.

O poeta também chora...

quando vê com tristeza o desamor que
se instalou no coração dos homens
que impunemente matam, escravizam,
caluniam...sem respeito ao outro.

O poeta chora de emoção pela magia
e poesia que lhe transmite a natureza
tão maltratada pelo homem.

O poeta chora de tristeza
O poeta chora de saudade
O poeta chora por amor!...

**************************************************

SER POETA É ASSIM
Tarcísio R. Costa


O poeta no seu caminhar é um sonhador
Os seus pensamentos voam pelo infinito,
Rompem os éteres rumo ao indefinido,
Na esperança d'encontrar seu grande amor...

Está sempre à flor da pele a sua emoção,
Pelos seus verso retrata-se o apaixonado,
Mas, quando no amor se torna um derrotado,
Facilmente cai na dor da desilusão.

O poeta vive perenemente a sonhar,
Sempre é um inibido (vejo os outros em mim),
Perturba-se no seu momento de amar.

Sofre com sua face da cor do carmim,
Seu coração padece no peito a arfar !
Por ser poeta, sei porque ser poeta é assim.

Duetos
Inicial