TUA VOLTA
Tarcísio R. Costa

Quando voltares
Quero te receber
Nos meus olhos, Já sem saudades.
Quero conhecer
As cores dos teus sonhos
Refletidos nos teus olhos
Quero beijar o teu sorriso...
Quero que os teus olhos
Sorriam para mim
E os teus lábios
Acariciem-me...

Quero que tua emoção
Se mostre para mim
E que a tua alma
Traga-me ternura
Quero dizer
Aos teus sonhos
QueNBtambém tenho
Sonhos coloridos de amor.
Quando vieres de novo!

QANDO VIERES DE NOVO
Isadora

Quando regressares,um dia,
em uma cadeira vazia,
verás que tens teu lugar...
que nunca foi preenchido,
que nunca foi retirado,
que nunca foi repartido,
que foste sempre esperado,
pois nunca cansei de te amar...
O sonho mora comigo,
preciso deste alimento,
para dar vida a meu canto,
e por fim ao meu
tormento...
E, assim, o tempo passa,
o tempo gira comigo,
a poesia me abraça,
o meu canto me consola
e, esperando que tu chegues,
eu mando a tristeza embora.

Duetos
Inicial