Êxtase lírico
Isadora

Coloco-me em sintonia
com os astros...
Bebo da magia
dos versos...
Abro meus braços
e alcanço as quimeras...
Quantas eras...
Quantas noites,
estrelas brilhando
no quarto de nossa paixão...
Emoção...
Viajo nas páginas de nossa cadência...
Dormência em nossos cérebros,
descontrolados tesões...
Nossos corações em festa...
Percorrendo o imaginário sonho...
Através de toques sensuais...
Casuais sequências de nossos desejos...
Beijos, loucos, roubados,
apaixonados...
Vislumbre e êxtase,
em nossa emoção!
Assim, somos nós
corpo e alma
em forma de paixão!

**************************************************

Êxtase

Tarcísio

Sinto o teu aconchego,
acaricio o teu corpo quente, sensual,
enlevo-me na incandescência
do teu fulgor.
As mentes entram em transe,
vem com furor
o encontro dos corpos,
já sem controle,
no desvio da razão...

Somem-se as palavras,
bocas semi-abertas,
a balbuciar gemidos ofegantes,
braços se entrelaçam
nascem abraços nus,
suados,
descontrolados,
cheios de desejo...

Chega o ápice,
o desfalecimento
seguido de beijos,
corpos satisfeitos,
felizes, sonolentos,
sentem a plenitude
da felicidade.


Inicial

Duetos de A a M