O BAILE DE FORMATURA
Margaret Pelicano

Meu Deus, sei que vou chorar ao me lembrar
Daquele vestido longo,
De cetim verde-água...com pedrarias,
sandálias prateadas,
Sendo conduzida pelo moço mais bonito da cidade

É muita emoção para o meu pobre coração
Recordar daquela valsa,
Em tenra idade,
De nosso rostos tão próximos,
Coração exalando paixão

Sua fotografia em minha mente
Dança até hoje,
E nos vejo naquele salão
Todos em gala
Pés deslizando, flutuando na melodia,
O anel de formatura indicando a profissão.

Lá fora chovia, a noite era fria,
Mas seus braços me aqueciam
E até hoje eu queria
Estar com você naquela maciez
Morna, pura nostalgia....

**************************************************

REVENDO O TEU SONHO
Tarcísio R. Costa

Esse poema é o rever de um sonho,
Por isso, ouve essa valsa,
vê aquele vasto salão,
põe a mão peito
sente o coração
com alegria
e emoção.

O tempo passa
Mas ficam as recordações,
de um passado de realidades,
Todas se transformas em saudades,
guardadas nos nossos corações.

Dentro do teu interior,
está aquela linda menina,
que hoje fluiu nessa poesia,
embora com um pouco de nostagia.
mas é a mesma, vivendo uma verdade,
de quem teve um passado de amor,
Cheio de felicidade!


Duetos
Inicial