QUANDO O SILÊNCIO...
Maria Thereza Neves

Quando o silêncio fica mudo
as palavras e sons mergulham fundo
os pensamentos se perdem no ar
soprando brisas ao luar ...

Quando o silêncio nada escuta
as aves perdem o canto e o rumo
as flores adormecem
apagando luzes e jardins ...

Quando o silêncio não cala, fala
as letras espalham
as folhas voam
as rosas se abrem
os perfumes criam asas
abrindo todas as janelas .

**************************************************

QUANDO O SILÊNCIO...
Tarcísio R. Costa

Quando tudo some no éter,
o véu do silêncio emudece,
a brisa recolhe-se na noite,
nasce a solidão...

Quando o silêncio ensurdece
e a brisa sibila entre as folhas
o sol entre as nuvens se perde,
aumenta a solidão...

Quando o meu jardim fenece,
e perco o perfume das flores
o silêncio surdo permanece,
nasce a tristeza

Quando tudo isso é um sonho,
desperto com os passarinhos,
o silêncio me faz carinhos...
é a ressureição.

Duetos
Inicial