CARNAVAL
Tarcísio R. Costa

Neste carnaval vou me colorir
Com o verde dos seus olhos
E os lábios vermelhos de carmim,
Vou sair fantasiada de arco-íris.

Quero com seus sonhos, sambar,
Vou sair do meu do barracão
Vou para a rua pular,
Ao ritmo do seu coração.

Quero ao som da percussão,
Embalar-me no seu amor,
Transpirar com o seu calor,
Ao ritmo da sua emoção.

Quarta-feira cairei na realidade,
Refletindo sobre tudo o que fiz,
Mas, com certeza, além de feliz,
Estou com as minhas saudades!

*************************

Reencontro Carnavalesco
Nadir D'Onofrio

Um ano esperando,
Agora o carnaval chegando,
Essa ansiedade se instalando.
A certeza que irei encontrá-lo
Como sempre aconteceu...

Até meu jardim floresceu,
Como um presságio bom.
Mas, foi na cor da flor da paixão
Que me inspirei, assim confeccionei
Minha fantasia, bordada de ilusão.
Na esperança de cativar
Para sempre, seu liberto coração...

Sonhando, com o momento
Esperado de encontrá-lo.
Quero me apresentar,
Como você sempre quis.
Salão repleto, pessoas chegando,
Música tocando, confetes, serpentinas.
Plumas e paetês,
De repente, você chegando....

Como sempre acontece,
Corro para teus braços, juntos ficamos.
Somente, três noites de felicidade
Loucuras, entregas e deleites
Depois, vem a tristeza...
Você como sempre... Se vai... sem nada dizer,
Eu, mais uma vez... Ficarei a te esperar,
Até o próximo carnaval chegar...
Saudade de ti meu amor!


Duetos
Inicial