APAIXONEI-ME
Naidaterra


Você me olhou como que penetrando
todo o meu ser, sugou minhas forças e
seduziu-me deliciosamente com teus olhos azuis...
Dei asas aos meus pensamentos, viajei e me perdi
consciente na imensidão deste tom.
Me cativastes, me deste ânsia, despertou a mulher
em mim e me tomastes com amor, lábios unidos,
um frenesi, um turbilhão...
Como te dizer o que eu sinto, foge-me a razão...
Procuro me conter, mas é inevitável o meu desejo,
toca-lo, enloquece-me e nem sei mais
se vivo sem você...
Apaixonei-me...

**************************************************

OBSECADO
Tarcisio Costa


Olhei-te, sim,
Envolvendo-te nos meus sonhos,
Tentando descobrir o teu pensamento,
Senti-me refém da tua sensualidade,
Aflorou-me um instinto que vai além emoção,
Imaginei o teu corpo a exalar o cheiro da paixão,
Pensei em penetrar no teu ser, no teu coração,
Todas a loucuras que são capazes,
Um ser humano fora da razão...

Pensei nos teus lábios, nas saliências do teu corpo,
Nas partes ocultas, pela a cortina do pudor...
Pensei em te ter, em te amar,
Pensei no teu amor!

Duetos
Inicial