QUANTA SAUDADE
Tarcísio R. Costa


Quanta saudade,
levaste com o inverno os meus sonhos...
eu te proponho,
devolve as flores que enfeitavam o meu jardim
eram apenas ilusões....

Quanta saudade,
inundaste o meu coração de esperança...
por que essa ausência, se me juravas tanto amor?
Já não tenho a paciência, volta!
vem minorar a minha dor!

Quanta saudade...
Já passou o inverno, agora é primavera!
Quero libertar-me da nostalgia,
entende a verdade, estou com saudade...
volta, devolve a minha alegria.

Quanta saudade...
O momento está propício para o amor...
vamos unir os nossos corações,
vamos sentir nossos calor,
sem viver de ilusões...

**************************************************

QUANTA SAUDADE
Otto Bräutigam


Quanta saudade...
sinto frio no corpo e no coração,
e veja, o inverno já passou!
agora o jardim se enche de flores...
que lembram tanto o meu amor.

Quanta saudade...
sinto falta do teu carinho...
o perfume da primavera me sufoca
as flores do arranjo já murcharam,
assim como os meus sonhos e ilusões.

Quanta saudade...
sinto o teu perfume no ar,
inconfundível e inebriante...
tu estás presente em todo lugar
não consigo deixar de te amar.

Quanta saudade!
sinto que tu vais voltar,
pedindo perdão por me deixar...
as portas estarão sempre abertas,
pois é grande o desejo de te encontrar

Duetos
Inicial