SOU O RIO E VOCÊ O MAR...
Patrícia Montenegro

Sou como o rio...
De águas límpidas e tranqüilas...
E você o mar...
Forte e corajoso...
Sou transparente...
Você misterioso...
Sou tranqüila...
E você tantas vezes impetuoso...
Trago comigo o amor...
E a vida...
Para a você ofertar...
Sigo o meu curso a te procurar...
Pois em você preciso desaguar...
E quando finalmente te encontrar...
Terei a certeza de que a vida vai continuar...
Eu sou o rio...
E você o mar...
Precisamos nos encontrar...
E em um belo encontro o
milagre da vida realizar...
*********************

FUSÃO
Tarcísio R. Costa

O rio se dilui no mar
E passa a ser mar.
Deixa de ser rio,
Há uma fusão...
Será, agora, vaga,
Será tormenta,
Será poder,
Será liberdade...

Não seguirão caminhos,
Mas, terão os carinhos
Do abraço dos continentes
E terá as ilhas para abraçar.
Não é tão selvagem assim...

Terá horizonte
Onde o céu beija o mar.
Terá os seus mistérios...
É poderoso.
É magia,
É fonte de poesia...

O poeta observa,
Acreditando,
Respeitando...
Tudo é natureza.

O rio vai à busca do mar,
Para ser mar!


Duetos
Inicial