MEU SEGRÊDO
Tarcísio R. Costa


Minha alma entra em transe,
Caminho pelas sendas da incerteza,
Não posso... Não quero revelar o meu subconsciente
Lá, estão incrustados os meus segredos... As minhas dúvidas.
A minha vida está oculta no vácuo, entre o vento e a calmaria...
É uma realidade que ainda vai eclodir como uma vaga...
Não sou um ator que segue um "script" de fantasia,
Embora, tenha comigo uma perene intenção
De, logo, dirimir as minhas dúvidas...

Tudo vai chegar ao inesperado...
Quero romper a cortina que me separa
Da fonte das minhas incertezas... E vislumbrar
O desejo de ressuscitar todas as minhas alegrias...
Ter de volta para re-habitar as entranhas do meu interior
Aquela que eu amo... Ela vive irmanada com a saudade...
Ela é o meu amor... Ela é o meu segredo.

**************************************************

MEU SEGRÊDO
Patricia Montenegro


Trago em mim um segredo tatuado na alma,
E protegido dentro dos caminhos do coração,
Ah..doce ilusão pensar que posso esconder,
Esse segredo que me acompanha onde quer que eu vá,
Ele está revelado na luz que emana do meu olhar,
É calado e tranquilo como as águas de um rio
E também grita como as ondas revoltas do mar,
É suave como a brisa da primavera,
E intempestivo como os vendavais de verão...

O meu segredo se faz presente no meu sorriso,
E também na lágrima que rola sem eu esperar,
É repleto de uma saudade incontida,
De uma vida um dia vivida,
E de outra apenas sonhada e adiada,
É o sonho misturado com a realidade,
É a busca pelo desconhecido,
Na tentativa de recuperar o tempo perdido,
Ele mistura razão com emoção,
O meu segredo é o amor infinito,
Que sente o coração de uma mulher...

Duetos
Inicial