AMAR VOCÊ
Raquel Caminha


Para amar você querido...
Eu não necessito de forças para
abrir meu coração.
Olhando dentro dos teus olhos,
sinto esse vento que nos conduz,
a dança dos nossos corpos, na magia
desse encanto.
Amar você querido...
É a chuva bater em nosso corpo,
sentir o cheiro da sua pele molhada,
correr, sorrir lhe amar com o corpo
encharcado.
Amar você querido...
É receber de você, uma rosa tirada de um jardim.
Pegar no seu bolso um bilhete e ler:
Lhe amo querida!!!
Depois sentar no seu colo
e ama-lo pra valer.
Amar você meu querido...
Não preciso de rituais, você já é minha dança
do ventre meu cravo, meu café,
meu copo, meu pão, minha vida, meu chão.
Amar você meu querido...
É como se ainda brincasse de amarelinha,
dançasse quadrilha, onde você era meu parceiro,
e na volta para casa, dividir os nossos travesseiros.
Amar você meu querido...
É correr pelas ruas, na noite escura toda nua,
para não ser presa, por atentado ao pudor.
Isso meu amado, é amor pra valer...
fugir do apito do guarda com pavor,
Compartilhar com você todo
e qualquer prazer!

**************************************************

AMO-TE
Tarcísio R. Costa


Enquanto lia a tua carta,
Ansioso, agitava-se o meu coração...
Não medi, mas eu suponho.
Que estava a cento e cinqüenta batimentos ,
Por isso, eu te proponho,
Escreve-me sempre,
Reativa, assim, os meus sentimentos,
Principalmente o de número um,
O do amor.
Nossa vida é uma realidade, sem fantasia,
Vejo-te a todo momento... O meu pensamento
consegue ultrapassar as barreiras do impossível,
Nada quando se ama é intransponível...

Vejo-te nos jardins, nas flores,
No clarão boreal do raiar do amanhecer,
No cantar mavioso dos passarinhos,
Nas nuvens que passam, carregando saudades...
Minha vida tornou-se um ninho de felicidade,
O teu amor passou a ser minha verdade.

Duetos
Inicial