FORA DA RAZÃO
Tarcísio R. Costa


Hoje acordei cedinho,
Chegava mansa a luz solar.
Ouvia-se o trilar dos passarinhos
Despertou em mim o desejo de amar,
De receber do meu amor os
seus carinhos.

Ela, com o rosto rosado, dormia...
Suas coxas descobertas, despertavam desejo,
Beijei, carinhosamente, os seus lábios de carmim.
Ela acordou sensual e, levemente, sorriu para mim.
Tomei-a nos meus braços
E recebi dela um beijo.

Ela me abraçou ofegante,
Senti desaparecer da minha alma a razão...
Sua ansiedade me deixava totalmente descontrolado.
Seu corpo estava quente, tinha cheiro de pecado,
Nesse momento explodiu
Em nós a paixão.

Nossos corpos se entrelaçaram
Em impacientes, mas gostosos remexidos.
Vivemos momentos de descontrole e alucinação,
Esquecemos de tudo, até mesmo da razão.
Foram momentos por nós,
Jamais vividos.

Sentia do seu corpo a maciez e o calor,
Sentia cada vez mais se acelerar o seu coração.
Senti nos seus seios a saliência da tentação,
Nesse ambiente de descontrole e de paixão
Atingimos o ápice do amor.

**************************************************

QUE DELICIA AMANHECER
Raquel Caminha


Está chegando à noite e eu aqui
deitada ainda sentindo seu cheiro.
Meu corpo é só você, onde toco sinto
suas carícias, sinto arrepios, pensando
como foi maravilhoso o meu despertar.

Quando você me tocou com suas mãos suaves,
não tinha como não ficar logo excitada.
Meus lábios ávidos, pediam logo seus beijos, foi
quando senti sua língua quente suave penetrar minha boca.

Quando murmurava em meus ouvidos, palavras em
monossílabos, era naquele momento
o que eu mais queria ouvir,
eu sentia uma emoção quase que
incontrolável.

Quando você me abraçou, beijou meus lábios
com aquele carinho que lhe é peculiar, não resistir,
deixei de ser aquela mulher dengosa e virei fera.
Naquele momento eu só queria lhe dominar,
com meu tesão, ser sua fêmea sensual, sentir o
sabor de sua pele, lhe amar com sofreguidão.

Não importava se o tempo estava correndo
e se eu tinha que deixar você na solidão.
Foi quando você me pegou de jeito,
não deu mais para segurar, estava na hora
do nosso amor gritar mais alto,
tremi de emoção, o sangue
correu mais rápido pelas nossas veias,
não tínhamos mais controle sobre nossos corpos
e chegamos ao ápice da nossa paixão.

Duetos
Inicial