ESTOU SÓ

Tudo acabou...
Fico a contemplar o jardim
Dos nossos encontros nas noites de carinho...
Ele está vivo, cheio de flores de sonhos
Nascidas da fantasia das nossas ilusões...

No meu coração, mora a saudade,
Não há retrocessos na vida...
A vida é somente hoje,
O hoje para mim é incerteza.

Daqui vejo-te perdida no horizonte,
Grito de cima da torre da esperança...
Meus olhos confusos te procuram...
Acordo... De um sonho de saudade.

Recordo as frases que
Murmuravas no meu ouvido,
Chegadas com o calor da tua emoção.
Sempre ouço essas lindas frases nos meus sonhos,
Que amenizam a dor da tristeza, da saudade...
A alegria e a tristeza me acompanham e me confundem.
A alegria de tê-la tido como amor,
a tristeza de não mais tê-la junto a mim...

Sou um misto de amor, tristeza, saudade, esperança,
Esperança de ainda te ver, te ter,
de te dizer: volta para mim!
Estou só!

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de A a E