FALTA DE UM AMOR


A cadência da poesia
Tem das fadas, a beleza,
É sonho, é encanto é certeza
Do palpitar da alegria.

Som plangente do violão,
Na companhia do violino,
No toque do feminino,
Agita o meu coração.

Esses meus sentidos versos,
Bradar de mim sonhador,
São sentimentos inversos.

De um ilusório clamor.
É o meu sonhar, emerso
À procura de um amor.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de F a J