ILUSÃO III

São tantas as ilusões,
Elas são necessárias a vida,
Embora sejam o entremeio
Do falso e do real.

Pode expressar devaneio, quimera...
Vista na frieza do sentido literal
É uma palavra de vários sentidos,
Por isso, nos taz dubiedades.

Pode significar incerteza,
Como pode caracterizar expectativa
De conquistas, até da felicidade...

A vida é repleta de sonhos e de desejos,
Antes atingirmos a conquista de um ideal,
Há uma luta movida pela ilusão,

Quem ainda não passou por isso!
Quem não sentiu o fermento da ilusão,
Antes de atingir a uma meta desejada!

Devemos alimentá-la,
Apenas até que seja conquistada uma meta,
Porque depois ela perde o sentido,
O que passa interessar é a verdade!

Devemos ter cautela ao alimentarmos a ilusão,
Ela é útil apenas em um desejo momentâneo,
Na aniedade de um sonhar...


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de F a J