MEU AMOR II

Vem, amor,
teu olhar me fascina,
Tua boca desperta

o meu desejo,
De ti, minha doce

mimosa menina,
Teus beijos

é o que mais almejo.
No meu peito explode
um coração,
Vejo em ti,

meussonhos de amor...
Penso em ti como se estivesse

em oração,
É minha santa,

eu teu humilde pecador.
O teu cheiro inebriante
me enternece,
O calor do teu corpo

provoca em mim
um êxtase,

um fogo que

me enlouquece,
O teu beijo faz-me

perder a razão...

Dispara o meu coração,
Sou capaz de tudo

abandonar
Para me dedicar

só ao teu amor...
Quero-te, amor,

no meu regaço,
Quero apertar-te

nos meus braços...

Quero esfregar meu nariz

nas tuas curvas,
Quero ouvir os teus

desesperados ais,
Quero desespero
no teu remexido,

pedindo mais...
Nesse instante,

com certeza,

sentir-me-ei perdido...
Quero o teu cochichado nervoso

no meu ouvido,
Assim, minha vida ao teu lado

não terá limites,
Quero sentir as tuas dores

e as tuas alegrias,
Quero contigo entregar-me

às fantasias
só vividas em sonho...

eu te proponho,
Aceita deste pobre

sonhador,
Os seus carinhos
e o seu amor...


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O