NÃO QUERO CONTINUAR ASSIM

Sinto falta de ti a todo momento...
A minha vida sem o teu carinho
Traz males ao meu comportamento,
Parece que neste mundo vovo sozinho.

Sofro, confesso-te a minha situação,
Não tenho mais o sabor das minhas fantasias,
O mal da solidão destruiu as minhas alegrias,
Fez sangrar o meu coração...

Envolto nessa triste desilusão,
Sofre demais a minha alma,
Já me falta a calma,
A apatia fez sumir de mim a ilusão.

Fico a pensar... Não sei se tenho razão,
Mas já me sinto no mundo, perdido,
Sou hoje um ser sofrido...
Sob o impacto da desilusão...

Não quero continuar assim,
Liberta-me desse deletério,
Isso parece atéum mistério,
Não sei o que será de mim...

Fico na expectativa de uma solução,
Não é possivel que tenhas esquecido de mim,
Perdoa-me pelo pecado que não cometi, assim,
Trarás felcidade ao meu coração...

(Tarcisio Costa)


Inicial
Meus
Poemas de L a O