NÃO SEI VIVER ASSIM

Hoje, senti a sua falta,
Olhei o seu retrato,
Seus olhos olhavam
Para mim,
Tive um momento de incerteza,
Não sei viver assim,
Senti ansiedade,
Bateu-me a dor da saudade!

Como um desencantado
Veio-me a tristeza,
,Em um lampejo
Beijei o seu retrato
E, nessa fantasia,
Senti seu cheiro,
Lembrei-me dos seus beijos
E escrevi esta poesia...

Não sei viver assim,
Assim, sem você...


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O