Não posso viver sem ti, Esse meu viver sem ti, É uma vítrea loucura! Você é o porquê Dessa impaciência Que traz sua ausência. Vivo eu a matutar aqui Como conseguir viver sem ti, Solto, ao léu, meu pensamento, Procuro libertar-me desse tormento, Que me causa essa tão louca saudade, Ajuda-me! Vamos mudar essa realidade, Creio que tudo não passa de uma mera paixão, Que está a tormentar ao meu vulnerável coração,. Vivo a pensar em ti, a sonhar acordado contigo, Por isso, vem com teu amor, viver comigo! Vem! não faça isso comigo, não! Tem pena do meu coração, Vêm! Eu estou aqui A pensar em ti, Vem! meu amor! Vem!


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O