NO ANOITECER

A mergulhar no horizonte,
está o sol, que dá vida, lume da alegria...
Ouve-se ao longe, de Schubert, a Ave-Maria,
que enternecem
os carações de saudade...

Cada amante reflete a sua realidade
e, na hora melancólica do anoitecer,
enche-se de amor o coração...
É o desejo, a ansiedade
de viver mais uma noite de paixão

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O