NOITE PACIFICADA PELOS SONHOS

Noite pacificada pelos sonhos,
Somem-se os males
No silêncio...

Os amores das interioridades
Conseguem dominar o silêncio,
Já sem os males....

Tudo estático, a natureza inerte
Com o domínio do silêncio
Dominado pelo amores...

O amor latente entre vagas
Desafia a atônita natureza
No silêncio do nada...


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas L a O