NOVO AMOR

Hoje, estava reflexivo.
Olhei o céu, fitei o horizonte,
Vi serranias, não vi estrelas,
As nuvens escondiam a lua...
Vi os meus sonhos perdidos,
Transformados em ilusões.

Pensei no meu passado,
Lembrei os meus amores,
Vi noites de amor e delírio,
Hoje, transformadas em ilusão,
Senti o cheiro suave do perfume,
Que enlevava o meu coração.
Vi primaveras em flor,
Uma melancolia me domina...
Sinto a falta do meu amor,
Sinto no meu peito a dor
De uma dorida saudade...
Onde anda o meu amor!

Surgem estrelas no céu,
Espero, ansioso, a lua aparecer,
Ela sempre traz para mim esperança,
Volto a ter os meus lindos sonhos,
Lembro que posso ter novo amor...
Uma luz cintila no meu coração.

Sinto uma doce emoção,
Nasce um novo dia, trazendo nova vida,
As borboletas invadem, adejando nos vales,
Vejo o meu jardim todo cheio de flores,
Consigo esquecer o meu passado...
Sinto amor no meu coração!

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O