O AMOR, QUASE UMA ORAÇÃO

O amor é tênue, silencioso.
Os gestos falam quase o bastante no amor...
Os lábios têm uma específica missão.
Os dois juntos, o olhar e os lábios, no amor,
São instrumentos eficazes do coração.
O olhar diz: Vem, eu te quero!
Os lábio precedem o beijo
Com um "Te Amo!".

Assim, os momentos dedicados ao amor,
Pelo que representam, são singelos, divinais,
Significam quase uma oração.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O