OH! LUA

Há encanto no céu...
Em mim paira uma leve nostalgia,
Meu pensamento some-se no além,
Vem à minha mente, dúvidas
A conflitarem com alegria...
A minha alma parece vazia...
São as nuances da incerteza.

Lua cheia...
Há encanto no céu,
Mas, também, vê-se um ar de tristeza
As estrelas estão sumidas, por quê?
Oh brisa, me acorda desse ar frio, sem cor...
Não quero conviver com a tristeza!
Clamo aos ventos! Cadê meu amor?
Ele sumiu com as estrelas...

Lua cheia, a tua luz prateada,
Mexe com o meu ego, com minha emoção.
O luar me faz lembrar da minha amada
Dos momentos de terna enlevação,
Oh lua amiga! Fonte de fantasia,
Sem ti não haveria poesia,
Sem ti não haveria paixão.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O