O NASCER DE CADA DIA Tarcisio Ribeiro Costa O nascer de cada dia Reveste-se de um sentido profundo, É como se renascêssemos a cada despertar, Sempre cheios de interrogações. Nesse momento há, naturalmente, Um auto-questionamento, que são reflexões interiores, Quase sempre provocados pelos nossos sonhos... São sentimentos latentes Que eclodem do nosso inconsciente... Às vezes, não são resultado de sonhos, É o nosso próprio sonhar acordado, Em que o sonhador fica trasntornado, Mas consciente... São muitas as causas, A mais comum é a distância de um amor, Quer física ou imaginária... O sonho é uma ponte que liga a realidade Às nossas fantasias... Noutras ocasiões são os desencontros Ou o platonismo cheio de lirismos... Ou apenas fantasias de uma irrealidade Virtual num permanente sonhar... É uma forma de alimentar o ego, Ao tentarmos construir A felicidade...


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O