Será que sou um poeta
Ou apenas uma pessoa que sonha?
Há os que me chamam de "Poeta das Flores”,
Outros, reclamam que falo muito de saudade,
E, ainda, os que falam do meu lirismo.

Há, também, os que recebem os meus poemas
E nada dizem, preferem o silêncio!

Aqueles que aceitam o meu falar de saudades,
Com certeza, deixaram para trás muitos amores...
Aqueles que, carinhosamente,

Chamam-me de poeta das flores,
Com certeza, como eu
Gostam da natureza, das suas cores.
A minha poesia sempre fala coisas do coração,
Lá, onde está o amor...

Enquanto eu sentir a beleza das flores,
E o meu coração sentir saudade,
Não fugirei da minha verdade,

Quero ser o "Poeta das Flores"
E falarei da minha saudade.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Indice de N a Z