O Teu Orgulho Tarcísio Ribeiro Costa Tentei e não consegui, Revelar-te o meu amor. A tua indiferença impedia Superar a minha dor. Eu via nos teus olhos ansiedade, Mas, a tua teimosia Impedia a nossa felicidade... Às vezes, eu te olhava E estavas triste a olhar para mim, Percebia a incerteza do teu coração. Mesmo, assim,continuo Com as minhas ilusões, Sei que não é um amor impossível O teu raciocínio É eivado de contradições, O teu orgulho é cruel, Sem coração.


(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de L a O