PALAVRAS DE AMOR


Na fadiga de um esmaecente dia de labor,
"é um céu" encontrar a ternura de um abraço,
de quem se quer que nos dê o seu calor,
é presenciar a dissipação no espaço,
daquele já esquecido dia de cansaço,
agora, só a placidez do amor...

Invadiu e dominou o meu ser,
e transfez o meu viver,
com as tuas palavras de amor,
quero esse amor para sempre, como salvação,
quero, se necessário, ser uma fagulha
que incendeie o teu coração
e propicie com toda a intensidade,
com o meu, uma permanente junção...
Que o nosso caminhar tenha a amenidade
dos campos floridos,
e que tudo entre mim e ti se convirja
para a felicidade.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T