PAZ

Sempre, ao acordares, olha para o teu interior,
Inicia o teu dia com pensamento no horizontal,
Retira do teu coração tudo o que te causou mal,
Colherás, com certeza, as benesses do amor.

Alimenta na tua alma a virtude da esperança,
Apaga as manchas das mágoas do teu coração,
Lembra que amar não é um favor, é uma missão.
Releva as maldades, evitando, assim, a vingança!

Sorri sempre, nunca demonstra a tua desilusão...
Assim, pintarás a face com as cores da empatia,
Em torno de ti coabitará em plenitude a alegria
E viverás no mundo de sonhos e coloridas ilusões!

Trabalha, deixa escorrer pelo teu rosto o suor,
A faina é o lastro que justifica a tua dignidade,
Tua luta com intrepidez, dosada de humildade
São os ingredientes para teres uma vida melhor!

Agindo, dessa forma, afastarás os males e os inimigos,
A felicidade retornará triunfante nas tuas ações,
Atingirás com maior magnitude as tuas aspirações...
A concórdia e a tranqüilidade conviverão contigo.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T