PORTUGAL QUE NÃO VI

Ó Portugal de relva florida,
de infindos parreirais,
para nós outros és história,
é um pecado na minha vida
não ter te conhecido,
oh linda Portugal!
Imagino que lá tem mais estrelas,
que o seu luar tem mais encanto,
ao som de lindos fados...
sinto falta do que não conheci
e que me apaixonei,
sou para ti um amor unilateral
no silêncio do castelo medieval
sombras da tua história...
crias em mim mil fantasias,
Portugal tu és beleza
tudo em ti é encanto
és um sonho de um enamorado
Vivo num mundo de fantasia,
a sonhar ao som do fado,
fonte santa da poesia
poesia... poesia...
em ti tudo
é poesia.

(Tarcisio Costa)

Inicial
Poemas de P a T