Quem sou eu?

Contemplo e admiro o templo natureza, com as suas galáxias,
as suas estrelas, os astros e tudo o que neles contêm.

Nós, os seres humanos, somos partes dessa natureza,
embora diferentes dos outros seres porque nos foi legada
inteligência e a liberdade de decidirmos sobre a
nossa vontade com consciência,
o que é denominado de discernimento.

Essa liberdade permite a individualidade de idéias,
cada um tem o seu entendimento, o que faz muitas vezes gerar conflitos.

Para atender à pergunta “Quem eu sou”
prefiro deixar todos esses pomenores de lado
e olhar para o meu interior e refletir
sobre minha relação com esse mundo,
para mim, complexo, mas cheio de encanto.

Vejo que as maiores belezas estão nas pequenas coisas,
afirmo isso porque me enterneço diante da
singeleza de uma flor ou de uma borboleta, como exemplo .

Verifico, também, que facilmente me emociono
e derramo lágrimas e sofro com as minhas saudades .

Lembro os meus momentos de oração que deixam a minha alma enternecida.

Mas permeando tudo isso estão as minhas dúvidas
e as minhas incertezas, isso revela a fragilidade da minha fé .

Afinal, quem sou eu? Acredito que diante
desses desencontros, caberia a resposta: EU SOU UM POETA




CONHEÇA-ME:


Sou, cearense, da cidade de Ubajara, cidade serrana,
hoje um pólo turístico do estado.

Até os 15 anos de idade estudei interno no seminário, concluindo,
depois, os meus estudos em Fortaleza, onde exerci várias atividades,
tanto no setor privado como setor público, quando exerci
o cargo de Diretor da então Secretaria de Obras do Estado do Ceará.

Transferi-me para Brasília em 1982, exercendo várias funções,
inclusive, como Assessor-Chefe da Presidência de uma estatal.
Aposentei-me no início de 2000.

Então, passei a escrever, inicialmente, um pretenso livro em
que revela curiosidades da vida de Lampião, trabalho esse,
ainda não concluído.

Desde 2003, passei a escrever poesia e crônicas.
O meu convívio com grupos de poetas me estimulou a
pensar em publicar as minhas poesias, sonho que se tornou realidade,
com o meu livro Poesia . Sonhos . Saudades . editado em agosto de 2004.

Agora, em 21 de maio de 2008, lancei o meu livro “O Silêncio dos Luares”.
Ambos os livros foram lançados em Brasília (DF).

Tenho projeto de lançar um novo livro no início de 2010



Inicial