QUERO TE DIZER

Eu Preciso...
Que voltes para mim,
Que saibas que vivo inconformado
Com a lacuna deixada pela tua ausência...
Confesso-te... Estou perdendo a paciência
Não quero viver assim...

Saibas que...

Ontem, ao ler a tua carta,
Senti um forte aperto no meu coração,
Envolveu-me uma mescla de alegria e dor,
Uma lágrima quente rolou na minha face,
Foi um momento de feliz emoção.

Quero te dizer...

Que viver sem ti é um tormento,
Vivo sofrendo, é grande a minha saudade...
Sei que a saudade é um privilégio de quem ama,
Mas a minha alma desassossegada clama,
Já não sais do meu pensamento!

Quando voltares...

Vai ser motivo de imensa alegria,
A tua presença trar-me-á o teu olhar a ternura...
Juntos ficaremos, ofegantes entre beijos e abraços,
Quero que fiques manhosa no meu regaço,
Relembrando toda nossa fantasia.

Para não sofrer mais...

Prender-te-ei dentro do meu coração,
Passaremos a habitar um mundo transcendental
Cheio de jardins imaginários, onde as flores
Serão pintadas pela a variedade de cores
Sensuais dos momentos de emoção.

Assim...

Minha vida terá o sabor da sedução,
Sumirá de mim a dor que me atormenta
Terei nos meus sonhos doces toques de magia,
Minha vida se transformará em uma fantasia
De ternura, prazer e paixão.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T