REFLEXÕES


São tantos os encantos
E desencantos
Que fazem da vida uma mixórdia de incertezas...

Essas incertezas
Ajudam a nos libertarmos da rotina,
O que nos permite enfrentarmos
Os desafios do dia-a-dia,
As provações,
Óbices que tentam interromper
A nossa caminhada.

Não há nada melhor do que viver,
Do que ter a capacidade de ver,
De contemplar tantas belezas
Ter a capacidade de ouvir
A combinação das notas musicais,
Principalmente, o som da natureza
E de sentir os aromas inebriantes
Das flores...

Cada pessoa tem uma alma,
Que armazena suas emoções
E uma consciência que pede calma
Nas nossas desilusões.

Nessa caminhada, no final,
Tudo perde qualquer sentido,
Some-se no abissal,
Do desconhecido.
Resta só o silêncio.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T