UMA HUMILDE ORAÇÃO

Senhor! Cada dia é um presente
Que recebo de Vós...
Cada respiração tem o sentido da vida,
Cada alegria é a Vossa presença na minha alma,
Cada tristeza revela a diminuição da fé
no meu coração...

Cada vez que contemplo a Natureza,
Embevece-me tanta beleza...

Não aceiteis Oh! Pai, como heresia
Eu dizer que o Céu e a Terra, essa sincronia
encantadora e indecifrável,
Foi e é mais bela de todas as poesias.

Poesia concretizada no céu estrelado,
Nas matas, nos vales, desertos e serranias,
Na suavidade do luar,
No direito que nos destes de amar...
Sinto, neste momento, profunda tranqüilidade...

No silêncio e no frescor da brisa,
Que acaricia a minha face com suavidade,
Sinto a presença do Vosso amor...

Fizeste o ser humano à Vossa imagem,
Oh Senhor!
Esse foi o Vosso mais sagrado ato de amor,
Uma santa e cristalina realidade...

Essa imagem são seria tão perfeita,
Se Vós não tivesses dado ao homem
A condição e o direito de refletir,
A inteligência para saber discernir,
Um coração para reconhecer a Vossa bondade,
Principalmente, não nos tivesse dado
a liberdade...

O direito de Vos pedir e sempre ter a certeza
Do Vosso carinhoso Perdão,

Por que só assim, pode-se recuperar a Paz
Em cada coração.


(Tarcisio Costa)


Inicial
Religiosas