REVENDO O PASSADO

Numa retrospectiva...
Vi-me criança, brincando no mundo da inocência
vi-me na adolescência, cheio de rebeldia
Vi a minha incoerência

Vi-me num mundo distante, vivendo como um ausente...
vi os meus momentos de tristeza
vi-me, como vive um carente!

vi-me muitas vezes sozinho...
Vi as pessoas que amei!
vi as pedras do meu caminho...

Vi-me nos momentos de ufania,
Vi-me cheio de otimismo
vi-me no mundo da harmonia.

Vi-me na fantasias de um mundo encantado,
Vi, também, os meus ex-amores
Vi os meu sonho realizado.

Vi-me numa luta difícil e desigual
Vi o meu suor derramado
Vi a ldisputa do bem e do mal...

Vi-me com o meu amor namorando,
Vi-me no o ardor da paixão
Vi-me, o seu corpo beijando.

Hoje, estou realizado,
no aconchego do teu calor
se hoje tenho o teu amor
é por que existiu o passado!

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T