SAUDADE E SONHOS

Vejo as nuvens furtivas
Furtarem a nossa esperança,
Levando o mundo remanescente,
Dos nossos sonhos e das nossas ilusões.

Numa luta em vão e inconseqüente,
Busco trazer para o meu presente
Você, a causa da minha saudade.
Você sempre foi a minha verdade,
Hoje, apenas, uma ilusão.

Ás vezes, no raiar do dia
Quando a lua se perde no horizonte,
Contemplo os passarinhos, com alegria,
Executando, felizes, a sua bela sinfonia
Naquela velha árvore, perto da fonte,
O renascer alegre de mais um dia.

Isso me faz lembrar da beleza
Dos nossos momentos de emoção...
Quando sentados à beira daquela fonte,
Olhávamos para aquela velha ponte
Símbolo da nossa doce união.
Tenho saudade de você!

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T