SENTI SAUDADE E DESILUSÃO


Naquele entardecer
Recebi os teus meigos carinhos...

Na hora da minha partida beijei o teu rosto,
Entre as lágrimas tristes da despedida...

Depois, circunstâncias inesperadas
Levaram-me à contra mão.
Nunca mais te vi...
Senti saudade!

Em tudo te via o meu coração,
No nascer do sol e nas noites estreladas,
Na manhã fria vinda da aurora...

Sentia a tua falta... Não via a solução.
Voltei cheio de ansiedade,
para tentar uma explicação,
Foi imensa a frustração...
Teu coração já pertencia a outro amor,
Senti desilusão!

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T