SE ONTEM FOSSE HOJE

Se ontem fosse hoje,
Não te perderia, com certeza...
Falaria a minha verdade, com franqueza,
Cumpriria todas as minhas promessas,
Satisfaria todos os teus desejos,
Para conquistar teu coração.

Pegaria, com amor, a tua mão,
Sentaríamos só nós dois num banquinho
De preferência, entre as flores de um jardim,
Para trocarmos juras de amor...

Pode até parecer ultrapassada
Esse meu sonho, essa minha proposição...
Mas, reflete e consulta o teu coração,
Vê se não te sentirias mais amada!

Escreveria versinhos de amor,
Entregar-te-ia com buquês de rosas,
Escreverias, também, frases em prosas,
Embora, eu seja um sedutor.

Sei que tudo já é passado
E o passado não possa ter retroação,
Mas, é o que agora sente o meu coração,
Tenho esperança.
Nem tudo está acabado.

Este poema nasceu de um sonho,
Em que vi o meu passado no presente,
Senti o quanto por ti, meu coração sente,
Por isso, volta! Eu te proponho.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Poemas de P a T