SEPARAÇÃO II

Tu sabes que a culpa não foi minha...
Carecemos, saber a causa da verdade,
Vivo inconformado, não é bom assim,
Tendo-te só nas minhas saudades...

O teu olhar fala pelo teu coração,
Vejo lágrimas, na tua face, silenciosas,
Elas são porta-vozes da tua emoção,
Mostram o quão me sempre foste carinhosa...

Vamos esquecer essa separação,
A vida é de amor e o amor é belo,
Soma as tuas lágrimas à Minha inconformação,
Voltemos ao amor
E eliminemos esse flagelo.

Vamos, juntos construir nosso jardim,
Vamos fazer dos sonhos uma realidade,
Dediquemo-nos um ao outro, e assim,
Concretizaremos a nossa verdade...

A vida foi feita para o amor,
Então, apelemos até para as nossas orações,
Rasguemos essa cortina que nos separa,
ela jáo não tem cor
E vamos, para sempre, unir nossos corações.

(Tarcisio Costa)



Inicial
Poemas de P a T