UM MUNDO DE PAZ

Não procuremos entender
as coisas do infinito,
e nem questionar
o que esteja fora do nosso mundo...

Tudo é muito profundo,
deve ser um encargo da alma,
que se comunica de uma forma
inatingível pelos nossos nossos olhos.
São mistérios divinos...

Há os ditames impostos pela consciência
que nem sempre são como deviam, aceitos,
mas, qualquer que seja a decisão,
é manifestada no nosso comportamento.

É importante o equilíbrio
entre o real e a emoção...
Devemos evitar
qualquer tipo de discriminação...

É salutar, lembrarmos que somos regidos
pelo mesmo Ser Supremo,
que vivemos todos em um mesmo mundo,
temos, cada um, uma consciência
e um coração,

A vida é cheia de conflitos,
é a ação dos opostos, o certo e o errado,
valerá, aí, a voz da consciência, para a decisão.
Escolhamos a que nos pede o coração,

reflexos da consciência,
com certeza terá as cores
Suaves do amor.

Quando praticamos o bem,
é como plantamos no nosso ego a felicidade.
Isso ocorre quando sentimos

uma profunda tranqüilidade,
o que significa paz no nosso coração.
Plantar a felicidade é plantar a boa ação,
isso é o caminho do amor.

(Tarcisio Costa)


Inicial
Meus
Poemas 2