UM SEGRÊDO

Não pretendo interferir na tua solidão,
Mas procuras te libertares da tristeza,
Reacendes a luz da esperança.
Que vive no teu coração
E verás quanta beleza,
Quanta emoção
Te esperam...
Tira esse manto
Que está sobre ti.
A noite parece não ter brilho,
Mas, olha e verás as estrelas...
Vês, elas estão a cintilar para ti.
Avisa-me, quando saíres da solidão,
Quero falar no teu ouvido
Um doce segredo,
Um recado do meu coração.

Tarcísio R Costa

Inicial
Meus
Poemas 2