VIVO ASSIM

Olho para o mundo distante,
Separado pelo tempo que ficou
Com tudo o que eu mais queria.
Furtou toda a minha fantasia,
Perdi o sentido... A orientação...
Isso sangrou o meu coração,
Por falta do teu amor...
Procuro nas noites insones,
Sonhar acordado com o passado...
Volto a dormir, tenho grande ansiedade,
Procurando encontrar, nos meus sonhos,
Um lenitivo que suavize a minha saudade
E uma resposta para a minha realidade,
Vivo, assim...

(Tarcisio Costa)


Inicial
Meus
Poemas 2